As pes­qui­sas desen­vol­vi­das pelo gru­po são publi­ca­das em perió­di­cos cien­tí­fi­cos de alto impac­to (Qua­lis A1 e A2) e, para além do deba­te aca­dê­mi­co, ser­vi­ram de insu­mo para inter­ven­ções na gran­de mídia e em ini­ci­a­ti­vas que visam a popu­la­ri­za­ção do conhe­ci­men­to na área.

Em par­ti­cu­lar, des­de a con­for­ma­ção do gru­po em 2015, seus mem­bros tive­ram arti­gos publi­ca­dos em revis­tas como o Cam­brid­ge Jour­nal of Eco­no­mics, Jour­nal of Evo­lu­ti­o­nary Eco­no­mics, Metro­e­co­no­mi­ca, Struc­tu­ral Chan­ge and Eco­no­mic Dyna­mics, Jour­nal of Beha­vi­or and Orga­ni­za­ti­on, Jour­nal of Post Key­ne­si­an Eco­no­mics, Eco­no­mic Mode­ling, Revi­ew of Key­ne­si­an Economics.